quinta-feira, 9 de agosto de 2007

Sobre plágio

Estávamos em uma aula e o professor motivou uma discussão em pequenos grupos sobre o que era e como se dava o plágio. Minha resposta, em um momento de pura inspiração individual e tendo criado todo o texto sozinho, sem nenhuma influência de quem quer que seja foi:

O plagiador é um fingidor
finge tão completamente
que finge ser seu
o plágio que deveras cometeu.

Digam se não sou um poeta de primeira?
Postar um comentário